Grupo Umanizzare e direitos humanos

Grupo Umanizzare e direitos humanos

Grupo Umanizzare 3
Grupo Umanizzare 3

A importância do Grupo Umanizzare e direitos humanos na sociedade

Grupo Umanizzare e os corretos direitos humanos

Todo ser humano merece respeito então de alguma forma a sociedade precisa estar engajada para proteger todas as pessoas que sofrem de qualquer preconceito ou são vítimas de violência.

No tocante a violência os direitos humanos precisam ser direcionados da forma correta e para quem sofreu a violência e para quem praticou os direitos da lei também além dos humanos dentro de uma prisão se for o caso exigido pela justiça.

Somos um país continental onde as pessoas são de diferentes países e formamos um grande grupo heterogêneo, sendo assim, culturas diferentes precisam ser compreendidas de alguma forma.

Grupo Umanizzare podem ser um exemplo neste aspecto de unir estas culturas diferentes a fim de conseguir atingir a missão de humanizar as pessoas e ter uma sociedade mais justa e cordial.

Existem ONGs que podem fazer isso sem maiores problemas e somos pessoas com direitos e deveres.

E não podemos depender do governou ou das ONGs o tempo todo para atingir certos objetivos, pois, através de ações individuais certamente estes objetivos poderão ser atingidos de alguma forma.

Se você tem uma empresa e consegue ajudar alguém ou uma ONG, faça-o assim, já terá sido válido o seu investimento.

A realidade dos direitos humanos

A realidade dos direitos humanos é muito dura neste mundo globalizado. Vejamos os países mais pobres onde a desigualdade é extrema.

Podemos atuar de uma forma organizada nos países africanos que sofrem com a fome, seca, chuvas, etc.

Mas porque os países ricos não dão importância que estes países merecem?

Tudo é questão de olhar para o próprio país, sem se importar com os mais pobres. Vamos colocar o exemplo de um país pobre que foi afetado por uma terrível inundação.

A mídia divulga algumas notícias, e depois cai no esquecimento natural das pessoas.

Quem pode ajudar as vítimas daquela chuva que desabrigou muitos moradores e matou também algumas pessoas?

As ONGs? Sim, também, mas governos dos países mais ricos ou em desenvolvimento podem contribuir de alguma forma, até mesmo artistas podem dar shows beneficentes em prol das vítimas.

Enfim, estas pequenas atitudes é que fazem a diferença em um todo.

Novas ONGs precisam ser formadas com o intuito de aliviar um pouco o peso das pessoas e a partir daí buscarmos soluções mais plausíveis.

Falta de investimento

A falta de investimento nas ONGs é que pode levar ao fracasso muitas vezes um projeto bem feito, mas é estritamente necessário que estas organizações consigam ajuda para que este processo seja bem executado.

Quando falamos em ajuda não precisa ser apenas financeira, mas de outras formas direta ou indiretamente dizendo.

Observe o que se passa com o Grupo Umanizzare. O primeiro passo é buscar ajuda através de doações e adquirir os equipamentos necessários para que esta possa funcionar adequadamente.

Há instituições que combatem doenças como o câncer infantil por exemplo, que merecem todo o crédito.

Mas sabemos que estas ONGs estão fadadas ao fracasso devido a falta de investimento e também de conhecimento das pessoas, então divulgações precisam ser feitas de alguma forma.